http://4.bp.blogspot.com/_14vrv7ni7HM/TLYyK0PS85I/AAAAAAAABU8/h4xBT0R8kQU/s1600/20101013225550_D0064009.jpg

 

Arquivo do blog

sábado, 26 de janeiro de 2013

Visões do Padre João Batista Reus – O que acontece durante a Santa Missa? Father Mateo Crawley-Boevey, Apostle of The Enthronement of the Sacred Heart

Visões do Padre João Batista Reus – O que acontece durante a Santa Missa?

Padre João Batista Reus, Visões do Padre João Batista Reus – O que acontece durante a Santa Missa?do qual aquele que aqui vos escreve é profundo admirador e devoto, além de grande liturgista (ouso dizer que o maior que o Brasil já teve) era também um homem de profunda mística, e existem relatos em sua biografia que no momento da Santa Missa era agraciado com visões.
Quando lemos a obra do Servo de Deus Padre João Reus isto fica muito claro, pois em sua obra não há apenas um seco rubricismo, mas encontramos em cada página verdadeiras lições de piedade de zelo pelo Sagrado.
Segue então um relato extraído do site http://www.amormariano.com.br,que relata um pouco deste místico jesuíta nascido em São Leopoldo – Rio Grande do Sul.
Eis um breve relato de algumas visões do padre João Baptista Reus, com relação à maravilhosa realidade sobrenatural da Santa Missa. Falecido em odor de santidade, teve este sacerdote, a graça de ver o que acontece de sobrenatural durante a Santa Missa, a qual, por razão, costumava chamar de “A FESTA NO CÉU”.
Ao tempo em que o demônio procura eclipsá-la, vamos adorar mais e mais a Jesus, em reparação a tantas blasfêmias que contra a Eucaristia se cometem. Eis o que era dado ver ao Padre Reus:
Nossa Senhora convida todo o Paraíso para participar da Santa Missa. Todos os anjos e Santos A seguem em maravilhoso cortejo até o altar. Os Santos formam um semi-círculo ao redor do sacerdote celebrante e o acompanham até o altar. Lá chegando, os anjos se colocam atrás dos Santos.
Outra multidão de anjos cerca a igreja e cobre os fiéis, impedindo a aproximação dos demônios durante a Santa Missa, em honra á Majestade de Nosso Senhor Jesus Cristo.
A Virgem Santíssima está sempre junto do celebrante, do lado do altar onde é servida a água e o vinho, e onde são lavadas as mãos do sacerdote. É a própria Mãe de Jesus quem serve o celebrante e lava suas mãos. Entre Nossa Senhora e o celebrante, é convidado o Santo do dia.
Todas as almas do Purgatório também são convidadas pela Virgem Maria e permanecem durante toda a Santa Missa aos pés do altar, entre o celebrante e os fiéis. Conta o Padre Reus que ele via as almas do Purgatório em verdadeira festa e com grande esperança de libertação. Padre Reus via uma chuva caindo sobre o Purgatório durante toda a Santa Missa.
No momento sublime da Consagração, quando estas almas veem Nosso Senhor Jesus Cristo em Corpo, Sangue, Alma e Divindade, sentem um desejo incontrolável de sair daquelas chamas e se atirarem em Seus braços, mas não conseguem, por não estarem ainda purificadas.
Após a Consagração, acontece a libertação do Purgatório, das almas que já atingiram a purificação. Nossa Senhora estende a mão a cada uma delas e diz: “Minha filha, pode subir “.
Os anjos saúdam as almas libertadas do Purgatório, abraçando-as. É um momento de imensa alegria e beleza. Em seguida, estas almas, resplandecendo com a beleza indescritível, adornadas como noivas, como anjos, são introduzidas triunfalmente no Paraíso, por uma multidão de anjos, ao som de música e cantos celestiais.
- Na hora da morte, as Missas que houveres assistido serão a tua maior consolação.
- Toda Missa implora o teu perdão junto da justiça Divina.
- Em toda Missa podes diminuir a pena temporal devida aos teus pecados e diminuí-las mais ou menos consoante a teu fervor.
- Assistindo com devoção à Missa, prestas a maior das honra à Santa Humanidade de Jesus Cristo.
- Ele se compadece de muitas das tuas negligências e omissões.
- Perdoa-te os pecados veniais não confessados, dos quais porém te arrependestes.
- Diminui o império de Satanás sobre ti.
- Sufraga as almas do Purgatório da melhor maneira possível.
- Uma só Missa a que houveres assistido em vida, ser-te-á mais salutar que muitas a que outros assistirão por ti depois da tua morte, pois pela Missa participas da Paixão, Morte e Ressurreição de Cristo.
- A Missa preserva-te de muitos perigos e desgraças que te abateriam.
- Na Missa recebes a benção do sacerdote, a qual Nosso Senhor confirma no Céu. És abençoado em seus negócios e interesses pessoais.
- Toda Missa alcança-te um grau maior no Céu e diminui o teu Purgatório.”
http://blog.unavocebrasil.org/2012/06/visoes-do-padre-joao-batista-reus-o-que-acontece-durante-a-santa-missa/

Father Mateo Crawley-Boevey, Apostle of The Enthronement of the Sacred Heart

FATHER MATEO
FLOWER SPRAY LEFTFLOWER SPRAY RIGHT
Father Mateo Crawley-Boevey, Apostle of The Enthronement of the Sacred Heart
Father Mateo was a member of the Congregation of the Sacred Hearts of Jesus and Mary. His health was restored at the shrine of the apparitions of the Sacred Heart in Paray-le-Monial, France, and that is where he conceived the bold plan of conquering the world, family by family, for the Sacred Heart. Pope Saint Pius X "commanded" him to devote his life to this work of Christian and social regeneration, and thus the Work of Enthronement of the Sacred Heart was born. Father Mateo's idea was that by entering a picture or a statue of the Sacred Heart into homes, each household member would be permeated with the love of Christ and would show it by a truly Christian family life. Extending his zeal even further, Father Mateo asked families to mount a successive nighttime honor guard for Jesus, King of their homes. Beginning in 1907, he traveled all over the world for forty years, imploring families not to leave Jesus standing on their doorstep. Until his dying day, he issued publications and launched campaigns in favor of reparatory Communion, daily Mass, the Rosary, and even of recognition of the rights of Christ in the UN. He preached more than seventy retreats in Canada alone. READ...

"INTRODUZIONE ALLO SPIRITO DELLA LITURGIA" (JOSEPH RATZINGER)

http://www.unavocesevilla.info/ratmis14.jpg

- PRIMA PARTE -

Per un "nuovo" movimento liturgico
Il 4 dicembre 1963, a conclusione della terza sessione del Concilio Ecumenico Vaticano II (1962-1965), Papa Paolo VI (1963-1978) promulgava la Costituzione sulla sacra liturgia Sacrosanctum Concilium. La riforma dei riti e dei libri liturgici della Chiesa cattolica, intrapresa quasi immediatamente dopo tale promulgazione, è stata giustamente definita "la più grande riforma liturgica nella storia del cristianesimo" (1).
A quasi quarant'anni da quell'evento la liturgia continua a essere un tema d'attualità, come mostrano sia il discreto numero di edizioni e di traduzioni raggiunto dall'Introduzione allo spirito della liturgia (2), del card. Joseph Ratzinger, prefetto della Congregazione per la Dottrina della Fede, sia le discussioni, non sempre pacate, che ne hanno tratto origine.
Nel solco della migliore teologia il testo vuol essere non un'arida speculazione, ma un'"elevazione" sul tema "liturgia", un'autentica introduzione spirituale alla vita liturgica. Il titolo si ricollega - con maggior evidenza nell'originale tedesco, che è Der Geist der Liturgie. Eine Einführung, "Lo spirito della liturgia. Un'introduzione" - a un'opera famosa, Lo spirito della liturgia, di Romano Guardini (1885-1968) (3), che in Germania - e non solo in quell'area culturale - è stata all'origine del movimento liturgico del secolo XX. L'obiettivo è apertamente dichiarato nella Premessa (pp. 5-6): "Se questo libro riuscisse a sua volta a essere di stimolo a qualcosa come un "movimento liturgico", un movimento verso la liturgia e verso una sua corretta celebrazione, esteriore ed interiore, l'intenzione che mi ha spinto a tale lavoro sarebbe pienamente realizzata" (p. 6).LEGGERE...
 

sexta-feira, 25 de janeiro de 2013

Solemne Santa Misa Pontifical y Confirmaciones en el Rito Romano antiguo en Amsterdam (Países Bajos). El Arzobispo de Toledo y Primado de España oficia la Santa Misa en Rito Hispano-Mozárabe en Toledo (España) por la fiesta de San Ildefonso Santa Misa Tridentina de Réquiem por el alma del Rey Luis XVI de Francia... ¡en Polonia! Santa Misa Pontifical de Réquiem en la Forma Extraordinaria por el Rey Luis XVI de Francia . Santa Misa Tridentina del II Domingo después de Epifanía en Toledo (España)- MISA TRIDENTINA EN HONOR DE SAN JUAN DE ÁVILA


Solemne Santa Misa Pontifical y Confirmaciones en el Rito Romano antiguo en Amsterdam (Países Bajos)

El pasado 20 de enero, II Domingo después de Epifanía y víspera de la festividad de Santa Inés, S. E. Mons. Johannes Gerardus María (Jan) van Burgsteden, SSS (Societas Sanctissimi Sacramenti), obispo auxiliar emérito de la diócesis de Haarlem-Amsterdam y actual administrador de la parroquia de San Nicolás de Amsterdam (Países Bajos), confirió el sacramento de la Confirmación a una docena de fieles y ofició la solemne Santa Misa Pontifical, en la Forma Extraordinaria del Rito Romano, en la iglesia de Santa Inés de la mencionada ciudad holandesa, de la que hace algo más de una semana di cuenta en este mismo blog (ver aquí) que S. E. Mons. Jozef Marianus Punt, obispo de Haarlem-Amsterdam, había erigido como Parroquia Personal dedicada al Rito Romano antiguo, cuyo decreto leyó Mons. van Burgsteden. Iglesia de Santa Inés Amsterdam.